Loading...

2005-06-19


OlÁ!

Mãe! Quero ser músico!

Mãe! Quero ser músico!
Ó filho… então isso é muito bonito, mas não achas que deves esperar para ver se é mesmo isso que tu queres?
Vá lá Mãe… já sabes que ainda dentro da tua barriga eu já batia um ritmo que te deixava encantada! Ainda dentro de ti, já te tentava acompanhar! As tuas canções e melodias improvisadas já eram lições para mim! Já praticava no nosso cordão… não eram pontapés… já procurava uma afinação! Nunca vivi no escuro quando não tinha olhos… eu já ouvia, eu já viajava… Mãe! Eu já viajava! Tu ficavas contente! E agora? Eu apenas quero continuar a querer ser músico, não quero ser músico! Quero continuar a querer ser músico!!! Vá lá Mãe! Sempre compreendeste tudo, nunca recusaste nada. Porquê agora? Não percebes que o mundo precisa muito de músicos? Não entendes… tu entendes. Não podem ser só os outros a querer. Já sei! Vamos fazer assim. Eu vou ser músico, e tu vais ouvir, e depois vais-me dizer o que te parece! Já sabes que a tua opinião é importante para mim. Mãe tu deste-me as primeiras lições, e que aulas tão bonitas! Já estás a ver, a culpa foi tua! Eu também quero continuar a dar música às outras pessoas, como tu me ensinaste. Espera aí… Tens razão! Quero dar aulas de música! E se for professor de música? Já ficas mais contente? Então Mãe, porque demoras tanto a responder-me? Professor de música!!! Mãe, Professor… Música… estás a perceber? Dar os meus concertos, e ainda por cima diários! Tenho sempre assistência, e que boa assistência! Então Mãe! Estou à espera. Claro que é boa ideia!!! Vai ser espectacular! Podem não gostar sempre dos meus concertos, mas não é assim a vida de músico? Vão ter que experimentar, ir lá para ver! É isso, vou ser professor de música!!! Mãe, vou ser músico!!! Obrigado por me teres dado as primeiras lições de música!